NESTA SEXTA-FEIRA (21/02/2020) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - AVENIDA JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINICIUS DE M. MORAES VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - RUA MIGUEL PETRONI (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

Ainda na categoria Infantil I e com apenas 12 anos. Mirella Colloca Vaz e Julia Y Castro, que defendem a LCN/Aquário Fitness e integraram a equipe de natação de São Carlos nos Jogos Regionais, em Botucatu, são promessas da natação são-carlense.

O técnico Mitcho Bianchi acompanhou o desempenho de suas nadadoras. Mirella ficou em 6º lugar nos 100m livre, 200m livre e 800m livre e 5º nos 400m livre. No total conquistou 13 pontos. Julia foi 6º nos 200m medley, 7º nos 100m borboleta, 8º nos 50m livre e 9º nos 50m borboleta e totalizou seis pontos para São Carlos.

Ao final da participação de Mirella e Julia, Mitcho Bianchi não escondeu a satisfação. Ambas, com apenas 12 anos, estrearam em Jogos Regionais e tiveram como adversárias, nadadoras mais experientes. Mesmo assim mostraram personalidade e conquistaram expressivos tempos.

“Ambas estiveram próximas dos melhores tempos e apesar de estrearem em uma competição difícil, acredito que tiveram um bom desempenho”, analisou o treinador. “A Mirella e a Julia foram convocadas para a equipe de São Carlos e adquiriram muita experiência. Fica a expectativa de que possam representar a cidade nos próximos anos e começar a buscarem pódio e lutarem por medalhas”, pontuou Mitcho Bianchi.

A LCN/Aquário Fitness tem a parceria da Secretaria Municipal de Esportes e Cultura (Smec) e Fundação Educacional São Carlos (Fesc).



Comentário(s) 

0
observador atento | 09 Agosto 2018
Investigação criminal inteligente pressupõe inteligência e investigação. A polícia não dispõe de recursos para estimulá-las e sobrevive do esforço de alguns policiais abnegados. Não haverá futuro para esse trabalho, no Brasil, enquanto a política privilegiar o pagamento de juros imorais para os banqueiros, tirando das atividades essenciais e principais as verbas que deveriam assistir a população com o objetivo de construir um grande país. Se a sociedade votar em candidatos comprometidos com os banqueiros, essa realidade nunca mudará. A hora de mudar está próxima e a mudança só depende dos eleitores.