NESTA TERÇA-FEIRA (22/10) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Avenida Francisco Pereira Lopes (Shopping/Usp) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 2 - Avenida Comendador Alfredo Maffei, (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 3 - Avenida Trabalhador São-carlense (CENTRO/bairro) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

Com 13 anos completados quarta-feira, 18, a nadadora são-carlense infantil Julia Y Castro Pavan Ribeiro deve ser um dos destaques na Copa São Paulo, prevista para o mês de dezembro em Guaratinguetá.

Sob o comando do técnico Mitcho Bianchi, ela acumula resultados expressivos representando a LCN/Aquário Fitness desde o início da temporada e a prova mais recente foi a participação no Torneio Regional Pré-Mirim a Senior realizado no Clube das Figueiras, em Porto Ferreira, quando acumulou cinco medalhas: ouro nos 50m peito, 200m medley e revezamento 4 x 50 medley e prata nos 100 e 200 metros peito.

“Acredito que os resultados são frutos do meu empenho desde o início do ano. Não só nas competições, mas nos treinos”, disse a tímida nadadora.

Sobre seus próximos passos, ela prometeu que continuará focada nos desafios. “Na Copa São Paulo vou dar mais um passo. Em 2020 será outra história. Não quero fazer planos. Apenas deixo acontecer”, ponderou.

TUDO AO SEU TEMPO

Em casa, na rotina de treinos e tarefas de casa (estudo, por exemplo), a mãe de Júlia, a fotógrafa Tamara Bernardi afirmou que deixa a filha a vontade. “Não gosto de pressiona-la. Deixo-a à vontade e a Júlia sabe de suas obrigações e deveres. Posso dizer que ela é super tranquila e muito focada e acredito que isso ajuda muito no seu desempenho de uma forma geral”, analisou.

Sobre o futuro como atleta, Tamara foi bem ponderada. “Se não há pressão, automaticamente estou ciente que tudo vem na hora certa. Tudo ao seu tempo, sem pensar no futuro”, disse.

COPA SÃO PAULO

Quem procura dar um passo de cada vez com a atleta é o técnico Mitcho Bianchi, salientando que o próximo desafio de Júlia é a Copa São Paulo, onde nadará os 100m peito, 100m costas, 100m borboleta e 200m medley.

“A Júlia deverá lutar por pódios. Sempre disse que 2019 seria o seu ano e o grau de evolução que ela conquistou, demonstra que minha análise é correta. É uma menina dedicada e tranquila e nos momentos das provas mostra uma ansiedade natural que faz parte do comportamento do atleta. Quanto ao seu futuro, o tempo dirá o caminho que deveremos tomar”, finalizou o técnico.

A LCN/Aquário Fitness tem a parceria da Fundação Educacional São Carlos (Fesc) e Secretaria Municipal de Esportes e Cultura (Smec).



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo